Categoria:TI

Comando CSS para ser aplicado na impressão

 

Com as das folhas do estilo é possível indicar nas páginas HTML pontos de
quebra, para que no processo de impressão a mudança de página aconteça num
ponto especifico.
(esta especificação das CSS2 apenas é suportada pelo Internet Explorer 4.0 ou
superior)

Quebra de Página:

Existem dois comandos a ter em consideração:

  • page-break after
  • page-break-before

O próprio nome dos comados é bastante elucidativo das suas funções. O
primeiro faz com que a quebra de página ocorra depois do elemento e o segundo
antes do elemento.

Cada comando tem quatro atributos:

Always: indica ao browser que deve proceder á quebra da
página sempre no ponto indicado.
Auto: é o atributo de defeito. Indica ao browser que proceda da
forma usual (introduz a quebra de página sempre que esta chega ao fim).
Left: esta quebra de página não é suportada por nenhum browser.
É usada se a impressora imprimir de ambos os lados de uma página, como um
manuscrito. Se o que se pretende imprimir é para ficar do lado esquerdo da
página, então seria este o atributo a utilizar.
Right: para uma situação semelhante á anterior, com a
diferença de imprimir do lado direito da página.

O Formato:

Um exemplo da aplicação deste tipo de estilo seria:

<STYLE TYPE=”text/css”>
H2 {page-break-before: always}
</STYLE>

Esse comando produzirá uma quebra de página da cópia antes de cada H2.
Não esquecer que é necessário usar o IE4 (no mínimo) para poder usufruir
desta funcionalidade.

Definição de uma quebra de página especifica:

Para uma maior controlo sobre este processo a melhor prática será a
criação de classes de quebra de página. Estas classes podem ser criadas para
qualquer TAG de HTML, no entanto o mais aconselhado será a criação destas
classes para as TAGs <P> ou <br>, assim haverá sempre um espaço em
branco entre cada quebra de página. Por exemplo:

<STYLE TYPE=”text/css”>
P.QuebraAqui {page-break-before: always}
</STYLE>

No código da página, para activar esta classe bastará:

<P CLASS=”QuebraAqui”>

 

Fonte: http://paginas.fe.up.pt/~goii2000/M8/impressao.htm

Windows 7 tem novo modelo de desenvolvimento

Quem trabalha na indústria sabe que construir software não é uma tarefa fácil. É um meio altamente volátil, sujeito a mudanças e podem ser muito mais complexos que a engenharia de um carro, por exemplo. Sabemos como um motor a explosão funciona por pelo menos 100 anos. O UNIX surgiu no começo dos anos 70 do século XX. Os sistemas operacionais modernos surgiram com o Mac OS, em 1984. O POSIX (Portable Operating System Interface) que é o padrão IEEE 1003 foi publicado em 1998. Além disso, sistemas operacionais (SO) estão entre os softwares mais complexos de serem criados.

A Microsoft, para o Windows 7, adotou uma nova forma de se trabalhar. Não existe mais software “beta” dentro de cada build do SO. As equipes só podem entregar algum recurso depois que o mesmo passou por um ciclo completo de desenvolvimento, depuração e testes. Nada de entregar uma parte do software 90% pronta, como um beta, e finalizar depois.

Os ciclos ou iterações, são de 3 meses, na qual, ao contrário do que muitos pensam, metade desse tempo é gasto em requisitos, planejamento, documentação e testes. O resultado dessa forma de se trabalhar é que mesmo em pré-beta, o Windows 7 surpreendeu pela estabilidade. E isso também resultou em outro ponto positivo: ao invés de entregar 10 itens funcionando mais ou menos, eles optaram por entregar 5 que funcionam bem.

Outra decisão foi trabalhar com os fabricantes de hardware para que os drivers sigam o modelo do Vista. Se funciona no Vista, deverá funcionar no Windows 7 e não apenas isso, com o feedback dos consumidores e da indústria, o recado foi dado: performance e consumo de recursos. E pela resposta do PDC 2008 parece que a gigante do software até o momento, acertou muito mais do que errou.

 

Fonte: MeioBit

Como “formatar” o Palm Z22

Olá

Esse domingo resolvi “formatar” o meu PDA. É um modesto Palm Z22 (queria um modelo melhor, mas acho que o papai noel não vai me trazer..hehehe), que é só PDA. Não tem Bluetooth, Wi-Fi, Expansão, Musica, etc. Mas me quebra um bom galho.

Como demorei a achar informação com essa chave de busca (formatar palm z22), estou escrevendo o post com esse titulo Cool.

Assim que achei a informação nesse site (ou nest site, em inglês). Lá a matéria está mais completa:

Descrição:
Com um hard reset você apagará tudo que estiver armazenado na memória do PDA, exceto as aplicações e preferências de fábrica (veja extendendo hard reset). Uma vez resetado o PDA será necessário restaurar tudo que tinha com um Hotsync (Se usas Palm OS 3.1 ou anterior e não tiver nenhum programa de Backup, como BackupBuddy ou BackupMan, é muito possivel que terá que reinstalar tudo outra vez.
Por isso, é aconselhavel só fazer o hard reset se todos os métodos anteriores não funcionaram ou se quiser eliminar toda a informação de seu PDA (Por exemplo: na hora de vender o seu PDA, ou se quiser fazer uma limpeza geral).
Procedimento:
Para fazer um hard reset siga os passos seguintes:
  1. Mantenha apertado o botão de Liga-Desliga do PDA.
  2. Ao mesmo tempo em que mantém apertado o botão Liga-Desliga, dê um reset por trás (no furinho).
  3. Solta o botão de reset.
  4. Quando o “logo” da Palm aparecer no visor, pode soltar o botão de Liga-Desliga.
  5. Se tiver feito o procedimento corretamente, aparecerá uma mensagem no visor anunciando que você vai apagar toda a informação do seu PDA, permitindo confirmar a ação ao pressionar o botão direcional para cima. Se não quiser confirmar, é só apertar qualquer outro botão, que o mesmo só dará um soft reset.

Abraços !

O ‘cara da informática’

Coisas que todos precisam saber a respeito do  ‘cara da informática’

1) O CARA DA INFORMÁTICA dorme. Pode parecer mentira, mas o CARA DA INFORMÁTICA precisa dormir como qualquer outra pessoa. Esqueça que ele tem celular e telefone em casa, ligue só para o escritório;

2) O CARA DA INFORMÁTICA come. Parece inacreditável, mas é verdade. O CARA DA INFORMÁTICA também precisa se alimentar e tem hora para isso;

3) O CARA DA INFORMÁTICA pode ter família. Essa é a mais incrível de todas: Mesmo sendo um CARA DA INFORMÁTICA, a pessoa precisa descansar no final de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar em informática, impostos, formulários, consertos e demonstrações, manutenção, vírus e etc.;

4) O CARA DA INFORMÁTICA, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro. Por essa você não esperava, né? É surpreendente, mas o CARA DA INFORMÁTICA também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, e ainda consome Lexotan para conseguir relaxar… Não peça aquilo pelo que não pode pagar ao CARA DA INFORMÁTICA;

5) Ler, estudar também é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada. Quando um CARA DA INFORMÁTICA está concentrado num livro ou publicação especializada ele está se aprimorando como profissional, logo trabalhando;

6) De uma vez por todas, vale reforçar: O CARA DA INFORMÁTICA não é vidente, não joga tarô e nem tem bola de cristal, pois se você achou isto demita-o e contrate um PARANORMAL OU DETETIVE. Ele precisa planejar, se organizar e assim ter condições de fazer um bom trabalho, seja de que tamanho for. Prazos são essenciais e não um luxo… Se você quer um milagre, ore bastante, faça jejum, e deixe o pobre do CARA DA INFORMÁTICA em paz;

7) Em reuniões de amigos ou festas de família, o CARA DA INFORMÁTICA deixa de ser o CARA DA INFORMÁTICA e reassume seu posto de amigo ou parente, exatamente como era antes dele ingressar nesta profissão. Não peça conselhos, dicas… ele tem direito de se divertir;

8)Não existe apenas um ‘levantamentozinho’ , uma ‘pesquisazinha’ , nem um ‘resuminho’, um ‘programinha pra controlar minha loja’, um ‘probleminha que a maquina não liga’, um ’sisteminha’ , uma ‘passadinha rápida(ALIAS CONTA-SE DE ONDE SAIMOS E ATÉ CHEGARMOS)’, pois esqueça os ‘inha e os inho (programinha, sisteminha, olhadinha, )’ pois OS CARAS DA INFORMÁTICA não resolvem este tipo de problema. Levantamentos, pesquisas e resumos são frutos de análises cuidadosas e requer atenção, dedicação. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população, mas servem para tornar a vida do CARA DA INFORMÁTICA mais suportável;

9) Quanto ao uso do celular: celular é ferramenta de trabalho. Por favor, ligue, apenas, quando necessário. Fora do horário de expediente, mesmo que você ainda duvide, o CARA DA INFORMÁTICA pode estar fazendo algumas coisas que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo;

10) Pedir a mesma coisa várias vezes não faz o CARA DA INFORMÁTICA trabalhar mais rápido. Solicite, depois aguarde o prazo dado pelo CARA DA INFORMÁTICA;

11) Quando o horário de trabalho do período da manhã vai até 12h, não significa que você pode ligar às 11:58 horas. Se você pretendia cometer essa gafe, vá e ligue após o horário do almoço (relembre o item 2). O mesmo vale para a parte da tarde: ligue no dia seguinte;

12) Quando CARA DA INFORMÁTICA estiver apresentando um projeto, por favor, não fique bombardeando com milhares de perguntas durante o atendimento. Isso tira a concentração, além de torrar a paciência.
ATENÇÃO: Evite perguntas que não tenham relação com o projeto, tipo como…. vocês entendem é claro….;

13) O CARA DA INFORMÁTICA não inventa problemas, não muda versão de WINDOWS, não tem relação com vírus, NÃO É CULPADO PELO MAL USO DE EQUIPAMENTOS, INTERNET E AFINS. Não reclame! O CARA DA INFORMÁTICA com certeza fez o possível para você pagar menos. Se quer EMENDAR, EMENDE, mas antes demita o CARA DA INFORMATICA e contrate um QUEBRA GALHO;

14) Os CARAS DA INFORMÁTICA não são os criadores dos ditados ‘o barato sai caro’ e ‘quem paga mal paga em dobro’. Mas eles concordam…;

15) E, finalmente, o CARA DA INFORMÁTICA também é filho de DEUS e não filho disso que você pensou…

16) Agora, depois de aprender sobre O CARA DA INFORMÁTICA, repasse aos seus amigos, afinal, essas verdades precisam chegar a todos.O CARA DA INFORMÁTICA agradece.

17) Vamos parar de chamar os profissionais Tecnologia da Informação, de ‘CARA DA INFORMÁTICA’, ‘CARA QUE CONSERTA COMPUTADOR’…Por incrível que pareça as profissões tem nomes, como Engenheiro de Projetos, Analista de Suporte, Engenheiro de Sistemas, Programador…Ninguém chama o Engenheiro Civil de ‘CARA DA BETONEIRA’, ou médico de ‘CARA DO AÇOUGUE’, dentista de ‘CARA DO DENTE PODRE’…
P.S.: Achei muito legal este texto e resolvi publica-lo, pois dentro da empresa em que trabalho, sou também um dos “CARAS DA INFORMÁTICA”!

 

Copiado do AnalistaTI

Muito obrigado, PHP

Olá

Depois de algum tempo dá pra perceber algumas coisas na programação.

Uma é que não importa o quanto a gente estude, a gente nunca sabe o sufiicente para se manter só naquela linguagem (pelo menos no meu caso).

Outra é que não dá pra dizer que “nunca vou estudar essa ou aquela linguagem”. A cabeça precisa estar aberta SEMPRE! Como diz o Rappa, “o novo já nasce velho”.

Mas por que estou escrevendo sobre isso?

Foi-se o tempo em que eu pensei que o PHP bastava…. O asp é a mesma coisa e o .NET é só pra elite quem não tem o que fazer pq não vai dar certo. Isso é um erro.

A Microsoft investe muita grana pra que o .NET chegue nas casas das pessoas. E até onde eu vejo a versão 3.5 do .NET está muito boa, o que facilita a vida do desenvolvedor.

Sendo assim, comunico que oficialmente não escrevo mais nada em PHP.  Ainda tenho o FRADE em PHP, que estou planejando uma migração para o .NET em breve.

Aos amigos do PHP, obrigado pela ajuda que recebi nesses anos todos…

Aos novos amigos do .NET (em especial os do SharpCode) se preparem… tenho muitas duvidas…hehehe

Até!

Kurumin 7, Guia Prático

Por Carlos E. Morimoto

O livro Kurumin 7, Guia Prático está disponível na íntegra para leitura online no site da GDH Press. Ele é um guia completo sobre o Kurumin 7, que aborda desde o uso e instalação do sistema, até detalhes sobre os componentes internos e solução de problemas, passando pelos programas disponíveis e outros detalhes.
Mesmo se você não utiliza o Kurumin, o livro serve como um bom guia para aprender mais sobre o uso do Linux em geral, sobretudo os capítulos 3 e 4 do livro, que falam, respectivamente, sobre os programas disponíveis e solução de problemas. Se você está começando agora, o capítulo 1 serve como uma boa introdução sobre as origens do Linux, as diferenças entre as distribuições e o funcionamento geral do sistema.
Embora a tiragem já esteja no fim, este livro está disponível também em versão impressa então, se gostou do livro ainda dá tempo de comprar o seu. Veja também os outros livros disponíveis no site da GDH Press.

» Kurumin 7, Guia Prático (disponível online)

 

Urnas eletrônicas terão sistema Linux nas próximas eleições

Fonte: Notícias Linux (http://www.noticiaslinux.com.br)

Plenário
do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu autorizar a substituição do
sistema operacional VirtuOS e Windows CE de todas as 430 mil
urnas eletrônicas, pela versão de software livre Linux, a ser desenvolvida
pela equipe técnica do próprio Tribunal. O objetivo é conferir mais
transparência e confiabilidade à urna eletrônica e ao processo eleitoral. O
novo sistema estará em vigor nas próximas eleições municipais, em
2008.

Fonte: http://www.softwarelivre.org/news/11858

Comente:
http://www.noticiaslinux.com.br/nl1217380228.html#comentarios